Sócrates soube que a sua antiga ministra foi eleita reitora do ISCTE e meteu cunha para ir leccionar a cadeira de ética

Mário Botequilha 15 de Fevereiro de 2018

Maria de Lurdes Rodrigues, antiga ministra da educação no primeiro governo de José Sócrates, foi eleita reitora do ISCTE, numa luta renhida até à última com o monstro académico nacional Miguel Relvas, que ficou em vigésimo sexto, com um voto e meio. O arguido-estrela da Operação Marquês, mal soube, pegou no telefone e ofereceu-se para ir leccionar uma cadeira de ética, recebendo apenas o salário simbólico de 50 mil euros por semana. Por motivos ainda não inteiramente apurados, a futura reitora declinou a generosa oferta. Isaltino Morais também se terá oferecido.

Tópicos

Últimas

Do arquivo