Matrafonas do Carnaval de Torres Vedras organizam-se em tendência para irem ao congresso do PSD

Mário Botequilha 12 de Fevereiro de 2018

O congresso de aclamação de Rui Rio, que começa na sexta-feira, está a mexer com o país e pelo menos duas pessoas e meia estão doidas para que a coisa arranque. O INIMIGO e o lavador de janelas do condomínio do Rui Rangel sabem que há uma nova tendência interna no PSD, que está a organizar-se em contra-relógio e pretende fazer uma entrada épica no centro de congressos de Lisboa: as matrafonas do Carnaval de Torres Vedras.
“O 37.º congresso pode ficar marcado pela matrafonização laranja. Vamos matrafonar o partido nem que seja a última matrafonice que fazemos antes do Relvas pegar no telemóvel para mandar alguém cortar-nos o microfone”, promete Carlos António T., assistente comercial na Malveira e matrafona nas horas vagas em Torres Vedras.

Tópicos

Últimas

Do arquivo