Jeroen Dijsselbloem diz que Centeno não tem dinheiro para bilhetes da bola porque gasta tudo em gajas e cervejas nas roulottes do estádio da Luz

Vítor Elias 30 de Janeiro de 2018

A vingança serve-se fria como uma bejeca da Catedral da Luz e o ex-presidente do Eurogrupo veio hoje explicar as investigações judiciais a Mário Centeno com a sua velha tese sobre os países do Sul. Jeroen Dijsselbloem acha que Mário Centeno tinha os bolsos cheios de dinheiro do BCE, mas depois, a caminho do Estádio da Luz, gastou tudo em cheerleaders do Benfica, em livros da Carolina Salgado escritos pela Leonor Pinhão e por fim em cervejas nas roulottes do Estádio da Luz, ficando sem dinheiro para os bilhetes do Benfica-FC Porto. Mário Centeno desmente e garante gastou todo o dinheiro do BCE em funcionários públicas.

Tópicos

Últimas

Do arquivo