Buscas da PJ envolveram dezenas de agentes e magistrados comandados por Hernâni Carvalho, Ana Leal e Sandra Felgueiras

Mário Botequilha 30 de Janeiro de 2018

Decorreram, esta manhã, buscas em certos locais onde o Juiz Rui Rangel esteve em tempos e até bebeu bicas. Os jornais falam em suspeitas dos crimes de recebimento indevido de vantagem, corrupção, branqueamento de capitais, tráfico de influência e fraude fiscal e adiantam que esteve no terreno a elite da investigação criminal portuguesa (Hernâni Carvalho, Ana Leal e Sandra Felgueiras), bem como um primo do Max que acumula a PJ com a TVI e o ramo de árvore que Marques Mendes utiliza para encontrar água e novidades para contar a Clara de Sousa.

Tópicos

Últimas

Do arquivo