Mário Centeno recusa rótulo de ‘anti-Schauble’ e prefere que o tratem por ‘anti-Messi do Eurogrupo’

Vítor Elias 18 de Janeiro de 2018

Em entrevista a um jornal alemão, Mário Centeno recusou ser o “anti-Schauble”, mas reconheceu que, enquanto “Ronaldo do Ecofin”, terá de ser uma espécie de “anti-Messi do Eurogrupo” ou, como parece cada vez mais provavel com a saída de Ronaldo do Real Madrid, um “anti-jogador-qualquer-da-liga-francesa”. Já Rui Rio admitiu que Passos Coelho é o “anti-Cristo”.

Tópicos

Últimas

Do arquivo