Investigação: Paula Brito e Costa comeu um rissol de camarão no restaurante ‘Made in Correeiros’ por 230 euros

Vítor Elias 13 de Dezembro de 2017

Uma investigação IP descobriu que Paula Brito e Costa não gastou 230 euros da Raríssimas em camarões, como denunciava a TVI, mas num único pequeno camarão dentro de um rissol no restaurante “Made in Correeiros”, onde tomava o pequeno-almoço, almoço e jantar todos os dias. Os 63 000 euros que o ex-secretário-de-Estado Manuel Delgado recebeu da Raríssimas é que serviram para comprar, para ele e Paula Brito e Costa, duas toneladas de gambas vannamei no Brasil.

Tópicos

Últimas

Do arquivo