Ex-directora arrependeu-se, devolveu roupa de alta-costura comprada pela Raríssimas na Chamusca e até deixou um vestido a mais

Mário Botequilha 13 de Dezembro de 2017

Paula Brito e Costa deixou a Raríssimas, meditou ao volante do carro de luxo a caminho de casa e diz que está arrependida de ter torrado dinheiro da associação a tentar imitar o estilo de vida de Isabel dos Santos. O IP e o senhor de óculos que divulga emails sabem que a D. Paula já foi à Chamusca devolver o guarda-roupa de alta-costura que comprou com guito da Rarísimas e, magnânima, até deixou um vestido e duas pantufas a mais. Esta notícia será actualizada em permanência na fila da farmácia onde o antigo secretário de estado da saúde Manuel Delgado foi comprar cápsulas para a memória.

Tópicos

Últimas

Do arquivo