Descongelamento das carreiras no Estado: depois dos professores, seguem-se os familiares do Carlos César

Vítor Elias 24 de Novembro de 2017

O descongelamento das carreias dos professores está a causar uma onde de reivindicações semelhantes entre os juízes, as polícias e os médicos, mas António Costa já fez saber que não é possível dar tudo a todos e portanto os próximos a receber vão ser os familiares do Carlos César. Estima-se que descongelar, aquecer e gratinar as carreiras de todos os familiares do Carlos César que trabalham no Estado vai ter um impacto de 2% no PIB ou meia Autoeuropa, mas, para compensar, Carlos César vai enfiar os netos a trabalhar no Estado como estagiários. Os filhos do Lacerda Machado são a próxima classe profissional a beneficiar com a política de reposições do Governo.

Tópicos

Últimas

Do arquivo