José Sócrates gastava em média 161 euros por refeição porque alimentava muitas amigas ao mesmo tempo

Vítor Elias 23 de Novembro de 2017

O Ministério Público descobriu que José Sócrates almoçava e jantava fora todos os dias e gastava, em média, 161 euros em cada refeição, mas o IP sabe que o avultado valor deve-se à generosidade do ex-primeiro-ministro que alimentava a namorada, a ex-mulher e várias amigas que lhe telefonavam a pedir bacalhau à Brás. A conta era depois remetida a Carlos Santos Silva que gastava 500 euros por refeição porque almoçava e jantava todos os dias com o professor Domingos Farinho, o João Galamba, o filho do Vítor Constâncio e os bloggers e youtubers do “Câmara Corporativa”.

Tópicos

Últimas

Do arquivo