Armamento de Tancos encontrado na Chamusca mas Azeredo Lopes não o recebe de volta porque segundo ele nunca existiu

Vítor Elias 18 de Outubro de 2017

A PJ encontrou ontem à noite na Chamusca todo o armamento roubado do quartel de Tancos e já o endereçou ao Quartel de Santa Margarida, mas o ministro da Defesa recusa-se a receber as armas de volta porque, como ele explicou, elas nunca existiram. Azeredo Lopes já explicou à Polícia Judiciária que podem ficar com as supostas “armas de Tancos” e guardá-las ao lado do monstro do Loch Ness e dos unicórnios.

Tópicos

Últimas

Do arquivo