Mais um Tony? Reafirmação do apoio de Passos a André Ventura terá sido plagiada do elogio de Trump aos supremacistas brancos

Mário Botequilha 15 de Setembro de 2017

Há bronca na discoteca. Passos Coelho, ontem, voltou a dizer que André Ventura é a melhor coisa que aconteceu a Loures desde a A8 mas, paradoxalmente, condenou os populistas e demagogos que criticam o seu candidato. O discurso do ainda presidente do PSD, caótico e errático como é habitual e exigindo um enorme esforço de interpretação a quem ainda lhe dá ouvidos, permitiu perceber que terá sido plagiado de duas intervenções anteriores: a de Donald Trump a defender os racistas de Charlottesville e a de Cavaco, em Castelo de Vide, a avisar que vinha aí a revolução comunista e o alien colectivista e o ébola socialista ou lá o que foi que passou pela cabeça do senhor. Passos, sabe o IP, a exemplo do que já disse Ventura, vai hoje propor o regresso da pena de morte.

Tópicos

Últimas

Do arquivo