Desiludido, Tony Carreira deixa música, dedica-se apenas à poesia e anuncia poema inédito que começa por “As armas e os barões assinalados”

Mário Botequilha 13 de Setembro de 2017

Última Hora (exclusivo IP / Marques Mendes / Milli Vanilli) – Tony Carreira está piurso com a acusação de plágio e telefonou há coisa de minutos para a redacção IP para avisar que vai abandonar a música. “Estou farto desta palhaçada. Não plagiei coisa nenhuma e as cantigas só parecem iguais ao ouvido não treinado e incapaz de distinguir um Tony de uma debulhadora mecânica a tentar deglutir um faqueiro inox”, queixa-se Tony.
“Amanhã, mal tome o pequeno-almoço, vou iniciar uma nova carreira como poeta e escrever os primeiros 500 decassílabos de uma coisa que andava a magicar há anos e cujas primeiras linhas são ‘As armas e os barões assinalados’. Ainda não tenho o resto mas a minha inspiração matinal trata disso”, explica Tony. “Vou chamar-lhe ‘Os Lusitanos’ ou ‘Os Luzidios’, ainda não decidi”, concluiu Tony.

Tópicos

Últimas

Do arquivo