‘Hormona do amor’ leva os partidos a darem ‘jobs’ aos seus amados ‘boys’

Vítor Elias 16 de Junho de 2017

Um estudo realizado pelo Centro Champalimaud concluiu que é a oxitocina, mais conhecida como “hormona do amor”, que leva as mães a protegerem os seus filhos a qualquer custo, funcionando da mesma maneira, apurou o IP, no cérebro dos políticos e da sua prole partidária. Terá sido a oxitocina a fazer António Costa proteger o seu “boy” Lacerda Machado na TAP, tal como, antes dele, Ângelo Correia tinha protegido o seu afilhado político na Tecnoforma. A testosterona, mais conhecida como “hormana da porrada”, é responsável por um político despedir os “boys” dos outros partidos assim que chega ao poder.

Tópicos

Últimas

Do arquivo