Manuel Alegre vence Prémio Camões: direita exige tratamento igual e Nobel da Literatura para a biografia de Passos “Somos o que escolhemos ser”

Mário Botequilha 9 de Junho de 2017

Continuam as boas notícias: Manuel Alegre, o Salvador Sobral do PS, ganhou o Prémio Camões. O PàF não gostou, reuniu de emergência e pediu um Tony ou um Pritzker para a resolução do BES que Assunção Cristas assinou de cruz, um Nobel da Literatura para a biografia (risos) de Passos Coelho “Somos o que escolhemos ser” e um busto no aeroporto para o arquitecto Saraiva com a sua obra-prima sobre sexo político empoleirada na testa.

Tópicos

Últimas

Do arquivo