Funcionários públicos foram trabalhar porque desde que a geringonça está no poder esqueceram-se como se faz uma greve

Vítor Elias 26 de Maio de 2017

A greve geral da função pública está a ter uma adesão, segundo os cálculos do IP, de 1%. Os funcionários públicos já não se lembram da última vez que a CGTP marcou uma greve ou manifestação e portanto esqueceram-se como protestar, tendo ido hoje trabalhar como sempre. Caso Arménio Carlos marque uma “jornada de luta”, os funcionários públicos passarão uma semana à porrada entre eles nas repartições.

Tópicos

Últimas

Do arquivo