António Costa defende que economia deve assentar em salários iguais ao do amigo Lacerda Machado

Vítor Elias 1 de Maio de 2017

O primeiro-ministro alertou hoje, a respeito do 1º de Maio, que o modelo de economia nacional “não pode assentar em baixos salários”, sendo o combate à precariedade a prioridade absoluta. António Costa defendeu que os salários dos trabalhadores portuguese devem ser iguais ao do seu amigo Lacera Machado que, ainda assim, continua a trabalhar para o Governo de forma precária. “Renovar-lhe o contrato é a mais absoluta das minhas prioridades”, explicou.

Tópicos

Últimas

Do arquivo