PSP combate venda de louro como se fosse haxixe e de bonecas insufláveis e sangria de pacote que passam por mulheres e vinho

Mário Botequilha 5 de Abril de 2017

Continua a vender-se louro como se fosse haxixe, na Baixa de Lisboa, e a PSP está atenta, diz que não pode ser e alertou os consumidores e a ASAE. “Além disso, agora também se vendem bonecas insufláveis e sangria de pacote como se fossem mulheres e vinho a sério. Os turistas dos cruzeiros enfiam barretes monumentais e culpam a polícia”, disse a ONIMIGO o agente Rocha Pereira Oliveira Figueira.

Tópicos

Últimas

Do arquivo