Nuno Melo concorda que os portugueses beneficiários do Rendimento Social de Inserção gastam tudo em álcool e mulheres

Vítor Elias 23 de Março de 2017

Os portugueses ficaram ontem indignados com as palavras de Jeroen Dijsselbloem, mas um português concorda parcialmente com ele. Ao que o IP apurou, Nuno Melo considera que, de facto, os seus compatriotas beneficiários do Rendimento Social de Inserção estoiram-no em copos, mulheres, drogas e automóveis topo-de-gama que estacionam com descaramento à porta do IEFP quando vão receber subsídio. Já o próprio Nuno Melo gasta tudo em botões de punho e barbeiros para manter sempre impecável o seu penteado à fosga-se.

Tópicos

Últimas

Do arquivo