Presidente português gasta tudo em ginjinhas no Barreiro e a beber bagaço com mulheres reformadas no Cadaval

Vítor Elias 22 de Março de 2017

António Costa exibiu a demissão de Jeroen Dijsselbloem por dizer que os países do Sul gastam tudo em álcool e mulheres, mas o presidente do Eurogrupo deu-lhe o exemplo de Marcelo Rebelo de Sousa que passa a vida a beber ginjinhas no Barreiro e a bebericar aguardente em lares de idosas no Cadaval, bem como lembrando-se que quando o seu ministro Augusto Santos Silva fala da Oposição parece um daqueles bêbedos quezilentos às 04h00 da manhã nas discotecas. António Costa defendeu Marcelo dizendo que ele apenas bebe ginjinha e bagaço para tentar adormecer.

Tópicos

Últimas

Do arquivo