Padeira de Aljubarrota enfiou espanhóis no forno porque eram funcionários dela que resolveu despedir de forma liberal

Vítor Elias 27 de Janeiro de 2017

A polémica em volta das declarações do CEO da Padaria Portuguesa sobre a liberalização dos despedimentos afinal não tem razão de ser. O IP descobriu que a apetência da panificação nacional pelo mercado de trabalho flexível já existia na altura da famosa padeira de Aljubarrota, que terá decidido despedir sem justa causa alguns colaboradores espanhóis que tinha na empresa enfiando-os à paulada no forno e ligando-o para não ter de lhes pagar indemnizações. De referir que a padeira de Aljubarrota também era proprietária de uma franchising de sucesso e existia uma Padaria de Aljubarrota em cada esquina da Lisboa de então.

Tópicos

Últimas

Do arquivo