PS e PCP dizem que António Domingues foi ‘o líder histórico da CGD’, PSD e BE dizem que ele não passou de um ditador

Vítor Elias 30 de Novembro de 2016

A divisão de apreciações sobre Fidel Castro alastrou-se hoje a António Domingues. O IP sabe que o PS vai apresentar um voto de pesar no Parlamento pela demissão de António Domingues, apoiada pelo PCP, onde o banqueiro é considerado “o líder histórico da CGD que se demitiu sem cumprir o sonho”, enquanto PSD, CDS-PP e BE consideram que ele “não passou de um ditador que quis ditar o próprio salário”. O PTCP-MRPP acha que António Domingues “devia ser internado compulsivamente no Miguel Bombarda como o traidor capitalista Arnaldo Matos.

Tópicos

Últimas

Do arquivo