Maços de tabaco perderam o design, agora podem perder as marcas e a seguir perdem os cigarros

Mário Botequilha 17 de Novembro de 2016

Depois das imagens chocantes e da proibição de fumar a cinco metros de escolas e hospitais, agora são as embalagens de tabaco que podem perder a marca comercial, como em Inglaterra e França. A seguir, as embalagens de tabaco ficam sem o celofane, a própria embalagem e, por fim, até os cigarros, que serão substituídos por talos de aipo ou tremoços.

Tópicos

Últimas

Do arquivo