Ameaças do ISIS a Marcelo levam maioria dos portugueses a apoiar uma nova cruzada

Vítor Elias 13 de Outubro de 2016

Os portugueses não perdoam os insultos que o Daesh fez ao nosso amado presidente e, segundo um inquérito do IP com a Universidade Católica e o João César das Neves, 94% apoia uma nova cruzada ao Médio-Oriente para salvar a honra do grande Marcelo e dar uma lição a quem lhe chama “infiel”. O próprio Marcelo vai liderar a cruzada, entrar em Jerusalém e beijar todos os habitantes.

Tópicos

Últimas

Do arquivo