Goldman Sachs já tem cargo preparado para António Guterres quando deixar a ONU

Vítor Elias 5 de Outubro de 2016

O Goldman Sachs já percebeu que António Guterres vai liderar a a ONU e, portanto, está preparado para, daqui a dois mandatos, quando abandonar a organização, ser vice-presidente do banco para a Ásia e a Papua Nova-Guiné. Ao que o IP apurou, a Rússia aceitou António Guterres em vez de Kristalina Georgieva porque António Guterres prometeu mudar de sexo e pedir nacionalidade búlgara.

Tópicos

Últimas

Do arquivo