Michel Temer explica que vaia monumental dos Jogos Paralímpicos foi do PSD e dirigida a António Costa

Mário Botequilha 8 de Setembro de 2016

O presidente brasileiro acha que a vaia ouvida durante a cerimónia de abertura dos Jogos Paralímpicos tinha outro destinatário. “Era para o PM português, que estava no estádio. Vi o Passos Coelho e 15 girls e boys da JSD na bancada apupando o homem. ‘tou falando”, jura Temer.

Tópicos

Últimas

Do arquivo