Maoísta Durão Barroso passou décadas a fingir que é de Direita para agora poder minar o capitalista Goldman Sachs por dentro

Vítor Elias 9 de Julho de 2016

Já está: o fanático maoísta Durão Barroso está a um passo de não ter de disfarçar mais a sua natureza radical. O antigo militante maoísta passou décadas a aturar o Cavaco Silva e a Angela Merkel apenas para presidir ao Goldman Sachs e acabar com o banco, lançando o caos no capitalismo. Durã Barroso anseia por deixar de comer caviar no Grupo Bildeberg para comer bifanas com camarada Francisco Louçã.

Tópicos

Últimas

Do arquivo