Mário Centeno convida Lionel Messi e o pai para administradores da Caixa Geral de Depósitos

Mário Botequilha 6 de Julho de 2016

O ministro das finanças já resolveu o vazio de poder da CGD: convidou Lionel Messi e o pai para gerir o banco do Estado. “Sei que eles foram condenados a penas de prisão por fuga fiscal em Espanha. Mas isso, comparado com o regabofe que por aqui andou, e como diria o Jorge Jesus, é peanuts”, explica Centeno.

Tópicos

Últimas

Do arquivo