#TáGanho: AS NOTAS DOS JOGADORES DA SELECÇÃO: Rui Patrício desestabilizou avançados austríacos garantindo-lhes que o jogador do Sporting por quem o clube rejeitou uma oferta de 80 milhões de euros em dinheiro vivo foi ele próprio

Vítor Elias 18 de Junho de 2016

Vieirinha – Como joga há vários anos no Wolfsburg, Vierinha aproveitou para praticar o seu Alemão dizendo aos jogadores austríacos o que pensa dos dotes físicos das respectivas irmãs.

Pepe – Com os seus dotes teatrais, irritou os avançados austríacos cantando e dançando os principais temas do filme “Música do Coração”;

Ricardo Carvalho – Marcou o Sabitzer em cima e perturbou-o mostrando-lhe uma fotografia do penteado meio à fosga-se e meio à Xerxes dos persas que usava quando jogava no emprestado Leça da Palmeira;

Raphael Guerreiro – Marcou exemplarmente os avançados austríacos e ainda aproveitou para lhes perguntar se em Dortmund, lá perto da terra deles, faz muito frio ou pode levar apenas uma camisola fina de malha;

William Carvalho – Com o seu bigode, inspirou temos no meio-campo austríaco porque os jogadores adversários pensaram que ele era o Apolo Creed do “Rocky IV”;

Ricardo Quaresma – O mago Quaresma, que gravou esta semana um vídeo de hip-hop com o David Carreira, massacrou a defesa austríaca como se fosse um gangsta rapper;

João Mário – Entrou para o lugar de Quaresma e entrou num vídeo do Tony Carreira;

João Moutinho – Fez jogar o meio-campo nacional e, como é pequenino e por isso gosta de panados, pediu aos adversários a receita do famoso Wiener schnitzel;

André Gomes – Elegante como sempre, disse aos austríacos que, ao contrário deles nas férias, nunca usaria meias brancas por baixo de sandálias de couro;

Nani – Driblou pela direita, driblou pela esquerda e ainda fez meia-dúzia de cuecas ao árbitro só por diversão;

Cristiano Ronaldo – Para mostrar ao mundo que é um jogador humilde e simpático, falhou o penalti e, quando o adversário austríaco lhe pediu para trocarem de camisolas, CR7 deu-lhe também as caneleiras, as meias e as cuecas;

Éder – Fez um dueto com o Mickael Carreira;

Rafa – Entrou para o lugar do Tony Carreira;

Engenheiro Fernando Santos – Calmo e ponderado no banco, nunca, por um momento que fosse, mesmo quando o Cristiano Ronaldo falhou o penalti e marcou em fora-de-jogo, pensou em voltar a fumar quatro maços de tabaco durante um jogo como antigamente.

Tópicos

Últimas

Do arquivo