Congresso do PS: vaca voadora foi assada no espeto e servida aos militantes

Mário Botequilha 6 de Junho de 2016

Portugal está em maus lençóis. A única vaca voadora que o país tinha foi aberta ao meio, cortada em quartos, os cascos seguiram para fazer botões de cuecas e cabos de facas de vegetais para vegetarianos e a pele vai ser posta a secar no estendal da casa de Ferro Rodrigues e servirá depois como tapete no gabinete do secretário-geral do PS. Os bifes e costeletas foram à grelha e servidos aos militantes e as asas da mamífera voadora fizeram sucesso entre a direcção. Sem vaca aerotransportável, a economia deverá apresentar números ainda piores.

Tópicos

Últimas

Do arquivo