Novo treinador do FC Porto tem ‘a convicção absurda de que podemos ganhar sempre’ e por isso escolheu um clube onde essa convicção é flagrantemente absurda

Vítor Elias 2 de Junho de 2016

Nuno Espírito Santo foi apresentado no FC Porto e explicou a sua visão enquanto treinador, “tenho a convicção absurda de que podemos ganhar sempre, “razão pela qual terá declinado treinar o Real Madrid. “Eu disse: essa convicção que tenho é absurda. Se fosse no Real Madrid ou no Barcelona, deixava de ser. Agora, no FC Porto dos espanhóis de segunda linha e das jovens promessas deixadas na equipa B, a convicção é comprovadamente absurda. Estou feliz”, confessou, enquanto António José Seguro manifestou que partilha a mesma convicção.

Tópicos

Últimas

Do arquivo