Se fosse vivo William Shakespeare tinha escrito uma peça sobre uma jovem esganiçada do BE que se apaixona por um betinho da JSD

Vítor Elias 23 de Abril de 2016

Agora que se cumprem os 400 anos sobre a morte de William Shakespeare, o IP falou com Stephen Fry, um dos maiores especialistas n’“O Bardo”, e este garantiu que, se fosse hoje em dia, Julieta seria uma jovem esganiçada do Bloco de Esquerda que se apaixona em segredo por Romeu, um destacado militante da JSD. Os pais de ambos seriam contra o casamento, apesar de serem primos e ambos afilhados de altas figuras do Estado Novo, e a palhaça Julieta e o gestor de empresas Romeu teriam de fugir e simular o suicídio com a ajuda do frade Marcelo Rebelo de Sousa. A tragédia aconteceria quando Julieta trocasse o Romeu pelo Rui Tavares e o Romeu fosse implicado no escândalo da Tecnoforma. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo