João Soares demite-se porque ‘não aceita prescindir do direito à expressão da opinião’ e compara-se ao Luaty Beirão

Vítor Elias 8 de Abril de 2016

Portugal ganhou um novo preso político: João Soares não abdica do direito em dizer que vai dar bofetadas em pessoas consagrados na Declaração Universal dos Direitos dos Homens e pelo qual os nossos avóis derramaram sangue nas trincheiras da Flandres, razão pela qual se demitiu e assume ser o Luaty Beirão português. Como tal, vai entrar em greve de fome, saltando o pequeno-almoço.

Tópicos

Últimas

Do arquivo