PSD não condena penas de prisão de activistas angolanos porque nenhum deles é accionista de empresas do PSI 20

Mário Botequilha 31 de Março de 2016

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, acha que protestar contra as condenações a penas de prisão de que foram alvo Luaty Beirão e outros activistas angolanos é uma ingerência nos assuntos internos de Angola. Por isso, o PSD está contra os votos de protesto propostos pelo Bloco e PS, “até porque nenhum dos condenados tem investimentos em Portugal e não é accionista maioritário de nenhuma empresa do PSI-20. Ou seja, não são pessoas que mereçam que o PSD gaste o seu preciso tempo com eles”, alvitra Montenegro.

Tópicos

Últimas

Do arquivo