Marcelo foi ao balneário da Selecção Nacional comentar a táctica de Fernando Santos

Vítor Elias 30 de Março de 2016

Marcelo Rebelo de Sousa foi ao balneário da Selecção Nacional após o Portugal-Bélgica e, sentando-se numa mesa e colocando o relógio de pulso em cima de uma chuteira do Ricardo Quaresma, analisou a táctica do Fernando Santos e manifestou o seu apoio à Selecção, mas ressalvou que só em 2017, depois do Europeu, se verá se a coisa resultou ou não. Pelo contrário, quando o economicista Cavaco Silva visitava o balneário da Selecção era para analisar as contas da FPF e para desligar a água quente nos chuveiros.

Tópicos

Últimas

Do arquivo