Alunos portugueses apenas odeiam mais a comida do refeitório que as aulas e têm pesadelos quando imaginam comer empadão insonso na aula de Matemática

Vítor Elias 16 de Março de 2016

Um estudo da OCDE revela que os alunos portugueses odeiam as aulas e apenas odeiam ainda mais a comida de refeitório, pelo que milhares deles acordam a suar com pesadelos em que imaginam estar a comer empadão de carne se sal e salada de frutas sem açúcar numa aula de Matemática ou de Química. De referir que os pesadelos são sonhados em plena aula de Matemática, durante as quais os alunos portugueses dormem profusamente enquanto também sonham com hambúrgueres, cachorros-quentes e aulas de Educação Sexual dadas pela Mariana Mortágua.

Tópicos

Últimas

Do arquivo