Juros da dívida a bater nos 4,5% mas Santos Silva recusa vender o faqueiro do MNE para baixar dívida soberana

Mário Botequilha 11 de Fevereiro de 2016

Os juros das obrigações a 10 anos dispararam e quase que bateram na marca mítica dos 4,5%. Mesmo assim, Augusto Santos Silva recusa vender o faqueiro do MNE para ajudar a baixar dívida, défice e as contas da campanha presidencial de Maria de Belém.

Tópicos

Últimas

Do arquivo