António Costa primeiro-ministro após ter perdido as eleições voltou a acreditar no Pai Natal

Vítor Elias 23 de Dezembro de 2015

António Costa é socialista, pelo que não acredita em crendices e superstições, mas terá voltado a acreditar no Pai Natal após ver como o cargo de primeiro-ministro lhe caiu no sapatinho. “Eu pedi e o cargo apareceu. É a magia do Natal”, explicou António Costa com um brilho nos olhos. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo