António Costa espera que refugiados vão limpar a cela vazia de José Sócrates no interior do país

Vítor Elias 4 de Setembro de 2015

Após ter expressado o desejo de ver os refugiados que rumarão a Portugal tornarem-se úteis limpando as matas do interior desertificado, António Costa sugeriu ao IP que comecem por Évora. “Agora que o mister Sócrates saiu da cela, os refugiados podiam limpá-la e quiçá viver nela”, explicou o líder do PS. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo