Governo anuncia que taxa moderadora do aborto é de 63 euros e que taxa moderadora do parto é de 64 euros

António Marques 26 de Junho de 2015

PSD e CDS , pressionados durante 4 anos por João César das Neves, decretaram que o aborto vai pagar uma taxa moderadora de 63 euros. Maria Luís Albuquerque gostou da medida mas lembrou que se os abortos acabarem não entra um cêntimo nos cofres do Estado e sugeriu que as mulheres que entram em trabalho de parto nas maternidades paguem uma taxa moderadora de 64 euros. Se o bebé nascer morto, a mulher paga uma dupla taxa moderadora de 127 euros. A.M

Tópicos

Últimas

Do arquivo