Passos Coelho lembra exemplo de Camões que saiu da sua zona de conforto e foi para a Índia perder um olho

Vítor Elias 10 de Junho de 2015

Passos Coelho aproveita a celebração do 10 de Junho para exortar os portugueses a seguirem o exemplo de Luís Vaz de Camões. “Ele tinha um desses cursos de Humanidades sem saída e era poeta, mas não baixou os braços. Arregaçou punho e foi para a Índia. Saiu tanto da sua zona de conforto que até ficou sem um olho”, explicou Passos Coelho. “E sabem porque ficou sem um olho? Por ter visto tanto mundo, como o Dias Loureiro”, concluiu. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo