Centrais sindicais convocam mega-manifestação nacional de protesto contra corte de um milhão no salário de Jorge Jesus

Mário Botequilha 26 de Maio de 2015

As duas centrais sindicais, os sindicatos independentes e o sindicato dos treinadores uniram-se para lutar contra a perda de direitos do trabalhador Jorge Jesus. Foi convocada uma gigantesca manifestação nacional, sábado, na área de serviço de Palmela, para protestar contra a anunciada intenção do Benfica de só renovar contrato ao mister Jesus se ele aceitar o corte de um milhão de euros/ano. “É a troikização do futebol e Vieira é a nova Merkel”, queixam-se os sindicalistas. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo