Ex-patrão de Passos Coelho adjudica contratos públicos às suas próprias empresas privadas pelo que está visto com quem é que o antigo empregado aprendeu a ser trafulha

António Marques 8 de Abril de 2015

Rogério Gomes, antigo patrão de Passos Coelho na Urbe, em 2003 e 2004, e militante do PSD ( a quem Passos Coelho entregou a elaboração do programa eleitoral do PSD das próximas eleições legislativas ) é também presidente do Instituto do Território, que ele próprio criou e que já adjudicou contratos por ajustes directos com dinheiros públicos a empresas do próprio Rogério Gomes no valor de 242 mil euros. Uff ! Está visto onde é que o empregado aprendeu a ser trafulha . Depois da velha máxima “ Tal pai tal filho “ temos agora a nova máxima “ Tal patrão tal empregado “ . A.M

Tópicos

Últimas

Do arquivo