Diretor-geral da Autoridade Tributária demitiu-se para se juntar ao Estado Islâmico

Vítor Elias 19 de Março de 2015

O director-geral da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), António Brigas Afonso, demitiu-se, mas negou que a demissão esteja relacionada com a eventual existência de uma lista de contribuintes VIP, o que o IP apurou ser verdade. Na realidade, o diretor-geral da Autoridade Tributária não terá sentido suficiente o que tem andado a fazer aos portugueses e passou a sentir uma necessidade de ainda mais sadismo, algo que apenas seria possível abandonando a AT e juntando-se ao EI na Síria. António Brigas Afonso já terá passado a fronteira turca, enquanto Nuno Melo, do partido dos contribuintes, já se terá juntado aos peshmergas curdos. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo