Passos recusa a reestruturação da dívida porque há 10 milhões de portugueses mandriões cheios de dinheiro que só fingem ser paralíticos para sacarem o subsídiozinho

Mário Botequilha 30 de Janeiro de 2015

O PM foi hoje ao parlamento discutir literatura infanto-juvenil e anunciou que se recusa a discutir a reestruturação da dívida devido ao factor calaceiro. “Não é com satisfação que digo a esta câmara que os números do ministro Mota Soares indicam que há 10 milhões de portugueses que são uns sornas e uns fingidos, que estão cheios dele debaixo dos colchões e nas latas de biscoitos, e que só fingem ser paralíticos para sacarem o subsídiozinho. Vão mas é trabalhar, cambada de parasitas dos dignos contribuintes do Norte da Europa”, vociferou o homem. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo