Cavaco Silva condecora fadistas mas Mário Soares diz que antigamente ele era um ‘nacional-cançonetista convicto’

Vítor Elias 28 de Janeiro de 2015

Cavaco Silva condecorou ontem, com a comenda da Ordem do Infante, Ana Moura, Carminho, Katia Guerreiro e Ricardo Ribeiro, mas Mário Soares já fez saber que esse amor pelo Fado não coincide com as suas pulhices durante o Estado Novo. “Toda a gente sabe que o Cavaco Silva antigamente era um salazarista convicto e um nacional-cançonetista fanático. Enquanto eu ouvia o Alfredo Marceneiro, ele só ouvia o Carlos Mendes. Por isso não venha agora tentar branquear o seu passado, pois eu sei que ele em novo fez um dueto do tema ‘Amélia dos Olhos Doces’ com o Augusto Pinochet”, referiu o histórico socialista. “Ele era amigo do Hitler e fez subir o nível do mar e extinguiu os dinossauros”, acrescentou. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo