Mario Draghi anuncia ‘quantitative easing’ exigido por António Costa e vai à prisão de Évora oferecer cachecol do BCE a José Sócrates

Vítor Elias 26 de Janeiro de 2015

Mario Draghi continua a irritar Passo Coelho. Após ter anunciado na quinta-feira o ‘quantitative easing’ que os socialistas reclamavam desde os tempos do seminal Eurico Brilhante Dias, amanhã de manhã o governador central europeu vai deslocar-se a Évora para dar um abraço fraternal a José Sócrates e oferecer-lhe um cachecol, um edredão e duas fronhas com o logótipo do BCE. Depois Mario Draghi vai almoçar ao restaurante “O Fialho” e partilhar a conta da canja de pombo com os contribuintes alemães. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo