Igreja Católica portuguesa defende pela primeira vez o uso de preservativo desde que sejam preservativos contrafeitos da marca Durex

António Marques 22 de Janeiro de 2015

O Infarmed informou em comunicado que “ detectou a existência de preservativos contrafeitos Made in China, da marca Durex “ , nos lotes dos modelos Durex, Durex Extra Safe, Durex Classic, Durex Robusta, Durex Arábica e Durex Descafeinado. A Igreja Católica portuguesa anunciou hoje que deixa de ser pecado os católicos usarem os preservativos contrafeitos chineses : “ Forniquem como coelhos usando os preservativos chinocas ! Portugal precisa de aumentar a natalidade ! “, afirmou o cardeal patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente. A.M

Tópicos

Últimas

Do arquivo