Eurodeputada socialista Ana Gomes condenou nova caricatura do profeta Maomé no Charlie Hebdo e vai passar a vestir uma burca no Parlamento Europeu

António Marques 15 de Janeiro de 2015

Ana Gomes, deputada europeia do PS, escreveu no Twitter: “Charlie Hebdo – porquê insistir na representação do Profeta, que se sabe ofender os muçulmanos? Não estou de acordo. Não em meu nome !“. O IP sabe que Ana Gomes, depois de condenar a liberdade de expressão ocidental, vai passar a usar uma burca no Parlamento Europeu : “ A mulher deve ter um papel submisso , deve limitar-se a ficar em casa a cuidar dos filhos e do marido e a difamar o ministro Aguiar Branco protegida pela capa da imunidade parlamentar !“, afirmou Ana Gomes. A.M

Tópicos

Últimas

Do arquivo