Passos Coelho foi à manifestação em Paris e entrou em pânico quando regressou a Lisboa e viu a polícia à sua espera na manga do avião

Mário Botequilha 12 de Janeiro de 2015

Passos Coelho esteve ontem na manif contra o terrorismo, em Paris, e aproveitou para fazer uma jura de amor eterno à coligação com o CDS, colocando um cadeado na Pont des Arts. O PM dormiu a sesta na alegada casa de José Sócrates na capital francesa.

No regresso a Lisboa, Passos assustou-se ao dar com a polícia à espera na manga do avião e só acalmou com dois bules de chá de camomila e quando lhe explicaram que os senhores fardados eram apenas os batedores da PSP que faziam parte da sua escolta até Massamá. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo