Chineses compram agências funerárias portuguesas para enterrarem pessoas electrocutadas por empresas de energia que também já compraram

Vítor Elias 8 de Janeiro de 2015

Depois dos seguros, bancos e energia, os chineses estão a apostar na compra de agências funerárias nacionais. Ao que o IP apurou o negócio é circular e perfeito. “Nós ter empresas de energia. Nós dar choque em pessoas. Pessoas morrem. Nós ter seguradora. Seguradora não paga a família de pessoas mortas. Pessoas precisam enterro low cost. Nós enterrar pessoas”, explicou um empresário chinês. “Mim também cremar pessoas no forno da cozinha da minha mansão ‘Visto Gold’”, concluiu. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo